Trading

Realizando Trades com Triângulos

Triângulos são bastante utilizados na análise técnica. Eles refletem um momento de indecisão do mercado, possuindo um caráter corretivo.


Uma observação que tenho feito é que muitos analistas e investidores que acompanham o mercado conseguem com sucesso identificar esse padrão. Entretanto, existem muitas dúvidas sobre como realizar trades com triângulos. Para ver mais sobre a identificação dessas figuras e suas variações consulte o capítulo sobre triângulos no tutorial de análise técnica.


Estratégia de Trade 1: Compra/Venda Sem Pullback

Durante a formação do padrão, normalmente, vemos que o volume decresce. No rompimento, entretanto, o volume tende a aumentar bastante. A primeira estratégia, portanto, é aproveitar essa nova força compradora (ou vendedora caso o triângulo rompa para baixo e você deseje operar na ponta de venda) e entrar no movimento. O stop inicial, por sua vez, pode ser colocado sob (sobre no caso descendente), uma vez que tende a ser zona de suporte (resistência).


figura abaixo mostra um triângulo simétrico, um triângulo ascendente e um descendente. Nos dois primeiros casos, uma compra deve ser realizada na ruptura ou próximo dela. No caso do triângulo descendente efetuamos uma venda nesse ponto.



O triângulo é um padrão de continuação de tendência, mas é importante lembrar que não necessariamente um triângulo simétrico ou ascendente vai romper para cima e um descendente para baixo. O rompimento pode ser para qualquer direção, mas a estratégia de operação é a mesma.


Estratégia de Trade 2: Compra/Venda com Pullback


Muitas vezes o mercado após romper um nível de suporte/resistência realiza um retorno e testa o nível rompido (ou a região próxima) novamente antes de prosseguir na direção do movimento inicial. Esse retorno chama-se pullback.


Uma das estratégias com triângulos é, portanto, aproveitar o pullback que acontece muitas vezes. Após o rompimento o mercado volta ao nível do triângulo e, a partir desse ponto, recomeça a subir/descer. A compra/venda neste caso deve ser realizada no rompimento do novo topo/fundo formado no ullback. Esse modo de operação está ilustrado na figura abaixo, a linha vermelha indica o nível no qual a compra/venda deve ser realizada.


O stop inicial é colocado abaixo/acima do fundo/topo formado pelo pullback.



Comparativo Entre as Estratégias


Considerando um mesmo triângulo, a lucratividade potencial tende a ser maior no caso 1, uma vez que entramos mais cedo no trade. Além disso, podemos realizar esse trade sempre que houver o rompimento, enquanto que no caso 2 podemos esperar um pullback que pode nunca vir a acontecer e assim perdermos uma boa oportunidade.


O caso 2, contudo, pode ser considerado um pouco mais seguro, pois temos, normalmente, condições de colocar um stop menor e sabemos que estamos próximos a uma zona de suporte , por exemplo. Podemos estimar também o alvo de preços com maior precisão agregando as projeções do próprio triângulo com extensões de fibonacci, o que nos fornece uma idéia melhor sobre a recompensa do trade.


Triângulos: Projetando Alvos para os Preços


Utilizando triângulos é possível projetar o valor futuro dos preços. Existem duas técnicas principais para isso. A primeira delas (técnica 1), consiste em tomar a medida do maior lado do triângulo e projetá-la no ponto de rompimento.


A segunda maneira (técnica 2) é traçar uma linha paralela à linha do lado oposto do rompimento.


Essas duas maneiras estão ilustradas na figura abaixo com um triângulo simétrico (técnica 1) e um triângulo ascendente (técnica 2), a linha vermelha representa a projeção do alvo dos preços.



Bons negócios!




Os Fatores Psicológicos por Trás de Suportes e Resistências O Martelo: Construindo o Padrão

Fique por dentro do mercado financeiro assinando nossa Newsletter.


Rua Dr. Timóteo, 782.
Porto Alegre - RS, Brasil
(51) 3014-8272 comercial@nelogica.com.br
CNPJ: 05.898.757/0001-68

Carregando...