Trading

Escolhendo o melhor instrumento para uma operação

Tradicionalmente, traders escolhem apenas o instrumento objeto para uma operação, esquecendo-se das possibilidades existentes com os derivativos. Os mercados derivativos tem fama de serem perigosos, contudo, o principal intuito destes é mitigar riscos e amplicar o leque de possibilidades. Paradoxalmente, eles podem ser muito erigosos se forem utilizados de forma errônea.


O rol de possibilidades é bastante abrangente, sendo assim, pode-se utilizar como instrumento para uma operação de mesmo objetivo:


  • Ações;
  • Opções;
  • Termo;
  • Swaps;
  • Futuros;
  • Operações estruturadas (combinação de diversos instrumentos).

Abaixo, tem-se um exemplo, simples, para uma operação (especulativa) com ações.


Imagine um trader que pretenda abrir uma posição de médio prazo, vamos supor que seja uma operação de mais ou menos quatro meses, com um viés altista para as ações de determinada empresa. Entre o manancial de possibilidades, se forem considerados apenas dois instrumentos, ações ou opções de compra (calls), qual seria a melhor altenativa entre as duas opções abaixo:


1ª. alternativa - Comprar ações para uma operação de médio prazo (4 meses) e deixar uma ordem de stop loss definida 5% abaixo da cotação de entrada;


2ª. alternativa - Comprar calls (opções de compra), com um prêmio relativamente baixo.


As duas alternativas tem prós e contras. A melhor escolha deve ser feita pelo trader, de acordo com os seus objetivos, calculando o melhor custo/benefício.


Ao escolher a primeira alternativa, o risco das cotações movimentarem-se na direção do stop loss estaria presente, desta forma, o trader amargando prejuízos de 5%. Já ao escolher a segunda alternativa ele teria que desembolsar o prêmio, porém, não teria o risco de ser estopado e, desta forma, não ficaria dependendo do direcional durante a operação.


Como pode-se perceber, a escolha do melhor instrumento à execução de uma estratégia operacional é peculiar, cada uma com seus pontos fortes e, da mesma maneira, com seus pontos fracos.


Bons negócios!




Commodities agrícolas - esta classe de ativo apresenta tendências duradouras e consistentes Market Makers - definitivamente, eles não são inimigos dos traders

Fique por dentro do mercado financeiro assinando nossa Newsletter.


Rua Dr. Timóteo, 782.
Porto Alegre - RS, Brasil
(51) 3014-8272 comercial@nelogica.com.br
CNPJ: 05.898.757/0001-68

Carregando...