Trading

Gaps

Gaps não são apenas espaços vazios nos gráficos. Eles trazem uma série de informações importantes que podem influenciar diretamente a percepção do trader sobre o movimento. A sua interpretação pode variar de um claro indicativo de força até uma expectativa de reversão dependendo do contexto no qual o gap se manifesta.


Quando surge um gap?

Assumindo um período de tempo diário, um gap acontece quando o máximo do dia atual é inferior ao mínimo do dia anterior (gap de baixa) ou quando o mínimo do dia atual é superior ao máximo anterior (gap de alta). Observando um gap no gráfico ele é um espaço vazio entre barras consecutivas.


Obviamente, um gap pode surgir em outras periodicidades além de em nível diário, como intraday, semanal, mensal, anual, etc. Contudo, conforme o intervalo de tempo aumenta os gaps são cada vez mais raros. Para que ocorra, por exemplo, um gap no gráfico semanal não pode haver intersecção dos preços dos 5 dias de uma semana com os preços de nenhum dos 5 dias da semana seguinte.


O Fechamento de um Gap


Existe a idéia de que um gap será sempre fechado. Entretanto, na análise técnica, não há espaço para certezas e, por consequência, não podemos confiar que determinado gap será prontamente preenchido. Mesmo porque o fechamento pode ocorrer semanas, meses e até anos depois. De qualquer maneira é inegável a observação de que a maioria dos gaps são fechados de maneira relativamente rápida.


Mas, o que significa fechar um gap? O fechamento ou preenchimento acontece quando os preços passam novamente e cobrem o espaço vazio, veja a figura abaixo.



A principal causa do fechamento é o aspecto fortemente emocional dos gaps. Eles mostram força para um dos lados, muitas vezes são gerados a partir de notícias surgidas durante a noite. Muitos traders possuem um relacionamento extremamente emocional com seus ativos e operações e tomam decisões pouco racionais.


Entretanto, quando a situação começa a normalizar e os fatos são analisados de maneira mais racional, muitos percebem que a decisão foi incorreta e começam a desfazer a posição equívocada. Esse comportamento inicia a reação que muitas vezes culmina com o fechamento total ou parcial do gap.


Tipos de Gap


A análise técnica classificou os gaps em três tipos básicos: gaps de rompimento, gaps de continuação e gaps de exaustão. Vamos conhecer as diferenças entre cada um deles.


Gaps de Rompimento


Este tipo de gap é formado quando o preço rompe um padrão de preços ou acumulação. Ele enfatiza a força compradora ou vendedora do novo momento.



No gráfico acima o gap de rompimento confirma a superação de uma resistência. É desejável que o gap seja acompanhado por um aumento de volume no caso de gap de alta, condição não necessária para rompimentos de baixa.


Gaps de Continuação


Os gaps de continuação surgem quando os preços estão fazendo um movimento claro em uma direção e com rapidez. Dessa maneira, este é um tipo de gap bastante emocional que encontramos, normalmente, em rallys ou em quedas bruscas.



Neste gráfico da ELET6 vemos dois gaps de continuação. Um cuidado a ser tomado é que o surgimento do segundo ou terceiro gap sinaliza perigo, pois o movimento pode estar usando de suas últimas forças. A seguir discutimos o gap de exustão.


Gaps de Exaustão


O gap de exaustão está associado ao final do movimento. Conforme dito, o segundo ou terceiro gap de continuação pode ser na verdade um sinal de exaustão.


Cuidado especial deve ser tomado caso o gap seja grande em relação a outros gaps ou caso ocorra um gap de queda no dia seguinte deixando uma barra de preços isolada. Neste caso, tem-se uma ilha de reversão. Para os japoneses trata-se de uma padrão de candles de reversão tipo estrela bastante forte chamado de bebê abandonado.


Suporte/Resistência


Vale ressaltar também que um gap tende a tornar-se uma zona de suporte/resistência. Para os japoneses um gap é uma janela (Window) um padrão de continuação e toda a área da janela é considerada um nível potencial de pressão compradora ou vendedora.


Existem técnicas de exploração de gaps que serão analisadas em outros artigos. Observe os gaps e também o contexto no qual eles aparecem. Eles têm muita informação para ajudar em seus trades.


Ótimos negócios.


Equipe Nelogica.




A Física do Mercado A Sabedoria de Jesse Livermore

Fique por dentro do mercado financeiro assinando nossa Newsletter.


Rua Dr. Timóteo, 782.
Porto Alegre - RS, Brasil
(51) 3014-8272 comercial@nelogica.com.br
CNPJ: 05.898.757/0001-68

Carregando...