Indicadores & Estudo

Operando contra a tendência usando Ichimoku e Heikin-Ashi

A Sabesp ON (SBSP3) atingiu a sua máxima histórica no mês de Agosto de 2012, logo em seguida um forte processo corretivo devolveu boa parte dos ganhos, mas o papel não tardou em reagir. No final de Setembro de 2012 presenciamos o início de uma nova “perna” de alta. Este dois movimentos, primeiro uma “perna de baixa” e em seguida “uma perna de alta” são ótimos exemplos para aprendermos que com o Heikin-Ashi e o CandleCode, é possível operar contra a tendência principal determinada pelas nuvens do Ichimoku. Agora temos a chance de “vender acima da nuvem” e “comprar abaixo da nuvem”. As oportunidades se multiplicaram.



Figura 1 - SBSP3 com Heikin, Ichimoku e CandleCode


O movimento altista que culminou com a máxima histórica, “balançou” no início de Agosto (observe o candle de baixa isolado em um “mar” de candles de alta), mas não rompeu o suporte representado pela média de 9 dias (linha Tenkan). Os candles de baixa só voltaram a aparecer após a máxima histórica. Observe que quando o candle fechou abaixo da média, o CandleCode rompeu abaixo da banda inferior de Bollinger, em um movimento de abertura das bandas (que caracteriza um novo movimento direcional). A próxima sinalização de venda foi um candle de baixa com corpo acima da média e sem sombra inferior (padrão Heikin-Ashi de forte viés baixista). Só depois de alguns pregões é que a média curta cruzou a média longa para baixo e a linha de momento (Chikou) rompeu abaixo do preço (referência de suporte). Apenas na proximidade do final da “perna de baixa” é que observamos o candle entrar na nuvem Ichimoku e em seguida fechar abaixo da mesma.


Este é um exemplo de que há oportunidade de operar contra a tendência de alta, ou seja, com o preço acima da nuvem Ichimoku. Esperar pelo rompimento abaixo da nuvem para uma possível operação de venda (ou para a saída de uma posição comprada) é uma estratégia com pouca flexibilidade e também de risco elevado (suscetível a grandes perdas).


O preço estar acima da nuvem é uma premissa para assumir uma posição de compra? Para um seguidor de tendência é uma regra básica, mas não precisamos ser tão rígidos. Muitas vezes uma posição extremista pode deixar muitas oportunidades de lado, talvez valha a pena operar tanto a favor como contra a tendência, o importante é estar consciente do risco de cada estratégia. Operar contra a tendência geralmente incorre em um risco maior, mas muitas vezes o retorno é rápido e acima da média. Assim como um verdadeiro campeão de xadrez domina tanto o jogo estratégico como o tático, um operador de bolsa também deveria saber operar a favor (estratégico) e contra (tático) a tendência. Com esta postura mais flexível, você fica diante de um número bem maior de oportunidades.


A Sabesp ON (SBSP3) rompeu abaixo da nuvem Ichimoku em meados de setembro. Em seguida os candles Heikin-Ashi já apresentam corpos de baixa menores e em alguns casos uma sombra superior. Isso representa uma sinalização de enfraquecimento da tendência de baixa, surge então o primeiro candle de alta, ainda de tamanho reduzido e com sombras inferior e superior. Ainda é cedo para apostar em uma reversão para a alta. O preço está abaixo da nuvem Ichimoku, a média curta abaixo da longa e a linha Chikou (momento) abaixo do preço (momento negativo). As curvas Ichimoku sinalizam baixa, e só revertem muitos (mas muitos mesmo!) pregões adiante. Quem opera só a favor da tendência, perderia essa oportunidade.



Figura 2 - SBSP3 com Heikin, Ichimoku e CandleCode


Ao surgir um novo candle de alta verificamos que o tamanho do corpo é bem mais significativo, e observamos também a ausência da sombra inferior. O candle Heikin-Ashi está sinalizando alta. Ao mesmo tempo o indicador CandleCode forma o padrão OCOI (ombro-cabeça-ombro invertido), sinalizando uma reversão para a alta. Embora as curvas Ichimoku ainda apontem para uma baixa (a estratégia padrão do Ichimoku é seguir a tendência), o Heikin-Ashi e o CandleCode já autorizam uma compra. Neste caso, a estratégia é contra a tendência. Estamos apostando na reversão da tendência e “adiantando” a operação de compra. O risco é maior, mas o ganho potencial também é maior. O CandleCode acaba rompendo acima da banda superior de Bollinger, com forte movimento direcional do preço, característico do processo cíclico de compressão e, neste caso, expansão da volatilidade.


Ataques, contra-ataques e estratégia.


Existe um fundamento no xadrez que diz que você só deve atacar se estiver em vantagem, do contrário deve se resignar à defesa. Na prática, a maioria dos jogadores prefere atacar, mesmo sabendo que muitas vezes a defesa é a melhor estratégia. Quem ataca se expõe (ao avançar os peões a retaguarda fica desguarnecida) e cria debilidades. Em um momento oportuno, aquele que defende encontra a oportunidade para contra-atacar, agora que o atacante deixou muitas debilidades para serem exploradas. É uma questão de paciência e resistência: aguardar o ataque inimigo perder a sua força e identificar o momento certo para contra-atacar.


Bobby Fischer é considerado um dos maiores gênios da história do xadrez. Foi campeão em 1972 ao derrotar o então campeão mundial, o soviético Boris Spassky. Fischer surpreendeu o mundo ao derrotar a verdadeira “máquina de jogar xadrez” soviética. A então União Soviética mantinha a hegemonia do xadrez por várias décadas. Os últimos campeões mundiais eram todos soviéticos: Botivinnik, Tal, Smyslov, Petrossian e finalmente Spassky. Fischer foi um “cavaleiro solitário”, cujas conquistas podem ser atribuídas unicamente ao seu espírito empreendedor.


Fischer gostava de atacar, e sempre que jogava com as peças brancas (o que dá uma pequena vantagem inicial) começava com o lance P4R (peão na quarta casa do rei). Para ele era o melhor lance inicial (“Best by test”). Quando jogava de pretas (pequena desvantagem inicial) usava as “defesas” Siciliana e Índia do Rei. Estas “defesas” eram caracterizadas por dar muitas oportunidades de contra-ataques. Começava na defesa, mas invariavelmente terminava no ataque, ou melhor, no contra-ataque.


As operações contra a tendência podem ser comparadas a estratégia de contra-ataque no xadrez: observar a perda de força da tendência e ter paciência para não se precipitar. A “defesa de um suporte” (ou de uma resistência) pode ser comparada aos movimentos de defesa de uma posição no xadrez. Após uma defesa bem sucedida, o jogo vira e é o momento para contra-atacar.


Ataque e defesa, a favor da tendência e contra a tendência. No xadrez ou na bolsa essas situações se alternam e o jogo tem que ser bem jogado dos dois lados. Assim como no xadrez, o mercado também alterna oportunidades para operar a favor ou contra a tendência. Em situações de muita incerteza (como é de fato o comportamento do mercado) temos de nos expor mais, isso é, operar a favor e contra a tendência.


Ótimas análises e negócios!


Eduardo Matsura para Nelogica


Nota: Para saber mais sobre as ferramentas abordadas neste artigo, como Ichimoku Clouds, Heikin-Ashi, CandleCode e bandas de Bollinger acesse estes links diretamente.




Volume at Price Ichimoku Candles

Fique por dentro do mercado financeiro assinando nossa Newsletter.


Rua Dr. Timóteo, 782.
Porto Alegre - RS, Brasil
(51) 3014-8272 comercial@nelogica.com.br
CNPJ: 05.898.757/0001-68

Carregando...