Indicadores & Estudo

Acumulação/Distribuição

Alguns estudiosos se notabilizaram por realizar diversas contribuições para o entendimento da dinâmica dos mercados e seus elementos. Um desses, sem dúvida, é Marc Chaikin. Atualmente dedicando-se ao desenvolvimento de trading systems e à consultoria de investimentos, Marc criou técnicas como Chaikin money flow, oscilador Chaikin, persistência de money flow e a linha de acumulação/distribuição, esta última analisada neste artigo.

Uma das marcas do trabalho do autor é a atenção com as informações fornecidas pelo volume e a razão para isso é bastante simples: em um grande número de vezes, o volume precede os preços. É bastante comum, por exemplo, o volume de um dado ativo aumentar imediatamente antes ou logo no início de um movimento de alta.

A linha de acumulação/distribuição foi desenvolvida com o intuito de medir o fluxo de dinheiro entrando ou saindo de um papel. A idéia central consiste em criar um mecanismo que através das relações de preço e volume ajude a detectar a ocorrência de reversões na tendência vigente de mercado.



Entendendo a linha de acumulação/distribuição


É difícil falar em indicadores baseados em volume sem mencionar o OBV de Joe Granville como referência e aqui não fugiremos à regra. Em uma breve recapitulação, temos que no OBV observa-se a variação dos valores de fechamento entre o período atual e o anterior (seja o período 15 minutos, um dia, um ano, etc.) para decidir se o volume será somado ou subtraído. Dessa forma, uma variação positiva entre os fechamentos resultará em um aumento do valor do indicador, enquanto que um fechamento inferior resultará em uma diminuição.

No OBV, portanto, não importa se o preço abriu na mínima e fechou na máxima do período, se essa máxima for inferior ao fechamento do período anterior ainda assim teremos um dia negativo. O acumulação/distribuição segue outra abordagem. Ele foca nos eventos do período atual, ou seja, na posição do preço de fechamento dentro do intervalo entre a mínima e a máxima da barra corrente. A esse valor atribui-se o nome de ponto de fechamento (PF), observe a equação da figura 1:




Figura 1 - Equação de cálculo do ponto de fechamento



O ponto de fechamento é, portanto, o elemento central do cálculo da linha de acumulação/distribuição, indicando em que parte relativa da barra ocorreu o fechamento. O PF varia entre +1 e -1 e têm-se duas situações principais:

• Fechamento na metade superior da barra: PF marcará entre 0 e 1.
• Fechamento na metade inferior da barra: PF marcará entre 0 e -1.

Naturalmente, um fechamento exato na máxima, no meio e na mínima resultaria em um PF de +1, 0 e -1, respectivamente. Após esse cálculo, o PF é multiplicado pelo volume e o resultado é adicionado ao agregado geral do indicador.



Interpretação e aplicação


O principal uso da linha de acumulação/distribuição é na análise de divergências. De modo geral, tem-se que:

• Divergência altista: os preços fazem fundos mais baixos sucessivos, mas o indicador não acompanha e produz uma inclinação ascendente.
• Divergência baixista: os preços fazem topos mais altos sucessivos, mas o indicador não acompanha e produz uma inclinação descendente.

No gráfico de Souza Cruz ON (CRUZ3) da figura 2 é possível observar um exemplo dessa situação. A linha verde marca o avanço nos preços, ao mesmo tempo em que a linha vermelha assinala a movimentação contrária do indicador, prenunciando a queda a partir do patamar de R$ 20,15.



Figura 2 - Divergência baixista em CRUZ3



Observações


A linha de acumulação/distribuição possui um foco no período atual maior do que outros indicadores baseados em volume. O indicador contribui com o monitoramento do fluxo de capital e seus movimentos servem tanto para confirmar tendências quanto para fazer soar um sinal de alerta sobre uma possível reversão. Acumulação/distribuição deve ser usado em um contexto técnico no qual existem outras ferramentas analíticas complementares, como estudo de padrões de preço e osciladores do tipo momentum.

Ótimas análises e negócios!

Equipe Nelogica.




O Oscilador de Preços O Canal Donchian

Fique por dentro do mercado financeiro assinando nossa Newsletter.


Rua Dr. Timóteo, 782.
Porto Alegre - RS, Brasil
(51) 3014-8272 comercial@nelogica.com.br
CNPJ: 05.898.757/0001-68

Carregando...